- Saldo Positivo - http://saldopositivo.cgd.pt -

8.000 oportunidades de estágio e emprego: Saiba como concorrer

estágios [1]Um dos efeitos mais negativos da crise económica foi o aumento, para níveis recorde, da taxa de desemprego. E neste campo, os jovens estão entre os mais afetados por este problema. Os últimos dados do INE revelam que a taxa de desemprego em Portugal no segundo trimestre deste ano situou-se nos 13,9%. No entanto, a taxa de desemprego entre os jovens (até aos 24 anos) é bem mais elevada: 35,6%. Contas feitas existiam no final de junho mais de 308 mil jovens (até aos 34 anos) que se encontravam desempregados.

Ciente do problema que afeta a camada mais jovem da população, o Governo tem vindo a implementar vários programas de apoio à inserção dos jovens no mercado de trabalho. Um dos exemplos mais emblemáticos é a medida Estágios Emprego [2]. Mas além das medidas governamentais, há cada vez mais iniciativas de entidades privadas com vista a alcançar o mesmo objetivo. Um dos exemplos mais recentes é o programa Aliança Para a Juventude [3], lançado formalmente no passado dia 23 de junho, em Lisboa, e que está a ser impulsionado pela Nestlé, contando com o apoio da Comissão Europeia.

Na cerimónia de apresentação – que contou com a presença do presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, e do Primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, entre outras personalidades – foi estabelecido um compromisso entre várias empresas portuguesas e internacionais para a criação de oportunidades de estágio e de emprego para milhares de jovens em toda a Europa. O objetivo da iniciativa para Portugal é criar até 2017 cerca de oito mil estágios e oportunidades de emprego para os jovens portugueses.

Um ponto importante, salientado pelo responsável de recursos humanos da Nestlé Portugal ao Saldo Positivo, é que este programa não abrange apenas estágios, mas também a celebração de contratos de trabalho com os jovens. “Não se trata apenas de estágios. São 8000 oportunidades de trabalho a criar nestas 13 empresas. Estas oportunidades serão repartidas entre estágios e contratos. Este é o somatório de todas as ofertas dos 13 parceiros de negócio da Nestlé Portugal. A sua repartição varia de empresa para empresa e é da sua inteira responsabilidade”, explicou Gregoire Scilipoti.

O mesmo responsável explicou ainda os motivos que levaram a multinacional a dinamizar um programa desta natureza. “Num momento em que a Europa enfrenta uma taxa de desemprego jovem demasiado alta, a Nestlé Europa tomou a iniciativa de ajudar os governos dos vários países a combater esse flagelo e comprometeu-se a criar em três anos – 2014-2016 – 20.000 oportunidades de trabalho, metade estágios, metade contratos diretos. Com este tipo de iniciativas ganhamos todos, ganha a sociedade que permite a entrada dos jovens no mercado de trabalho, rompendo com o ciclo da falta de experiência”. E adianta: “É postura da Nestlé em qualquer parte do globo criar e partilhar valor com a sociedade. É desta forma que entendemos a responsabilidade social corporativa”.

Conheça então em detalhe o programa e saiba como poderá candidatar-se.

 

Quais são as empresas que fazem parte do programa de estágios?

O protocolo assinado no passado dia 23 de junho envolve 27 empresas parceiras da Nestlé, sendo 13 empresas nacionais e 14 internacionais. Entre as empresas nacionais que fazem parte deste programa e que assumiram o compromisso de abrir as portas da sua empresa aos jovens estão: o grupo Jerónimo Martins ( tendo já anunciado que irá aceitar cerca de dois mil jovens), Sonae, BA Vidro, Portucel, Luís Simões, BPI, RAR, Vodafone, Logoplaste, Saica Pack, Germen, Eurogroup Consulting e GraphicsLeader. Já no que se refere aos parceiros internacionais constam nomes como: a Adecco, a Axa, Cargill, CHEP, DS Smith, EY, Facebook, Firmenich, Google, Nielsen, Publicis, Salesforce.com; Twitter e White&Case. A lista deverá aumentar já que está prevista para o mês de setembro a divulgação de novas entidades que deverão associar-se a esta iniciativa.

 

Como se pode candidatar?

Sem uma plataforma única que agregue todas as ofertas de estágios disponíveis, a fase de candidatura pode ser mais complexa. Os jovens interessados terão de contactar cada uma das empresas aderentes (através dos seus sites e redes sociais) para saber quais são as ofertas disponíveis e informar-se sobre os critérios exigidos assim como as condições oferecidas para cada vaga. No caso dos estágios e oportunidades de emprego na Nestlé poderá informar-se através da plataforma Talent City, do Linkedin e do Facebook e também através desta área [4] específica no site corporativo da empresa.

 

Quem pode concorrer?

Estes estágios são dirigidos aos jovens com idade até 30 anos. Este é o principal critério. No que diz respeito às habilitações literárias mínimas exigidas não existem critérios definidos à partida, já que cabe a cada uma das empresas aderentes ao programa definirem as condições para as vagas abertas. Na Nestlé, por exemplo, os candidatos tanto podem ser licenciados ou ter apenas uma formação técnica.

 

Os estágios são remunerados?

Sim. Os estágios são remunerados (embora os montantes da remuneração não estejam fixados) e terão a duração de 12 meses. Além disso, “o IEFP apoia esta iniciativa com uma comparticipação na remuneração do estágio”, referiu o diretor de recursos humanos da Nestlé Portugal ao Saldo Positivo.

 

Leia também os seguintes artigos:

– Saiba como vão funcionar os novos Estágios Emprego  [2]

– 10 Empregos de verão para jovens [5]

– Trabalho: O que saber sobre o período experimental [6]

– Como conciliar os estudos com um emprego [7]

– Guia: Tudo o que deve saber para emigrar [8]