A saúde e a sua carteira

Saiba como ter uma saúde de ferro, gastando pouco.

Publicado em: Particulares Poupar Saúde

Para desfrutar da sua vida em toda a plenitude é necessário ter uma saúde de ferro e se conseguir aliar a saúde com a sua carteira, será certamente uma pessoa bastante mais feliz e saudável. Segundo o Memorando de Entendimento sobre as Condicionalidades da Política Económica, apresentado em conjunto pelos organismos internacionais, os custos com a saúde vão aumentar, sobretudo devido à subida das taxas moderadoras e à redução das deduções fiscais dos seguros de saúde.

Para ultrapassar estes novos obstáculos e manter uma saúde financeira exemplar, o melhor é tratar desde já da sua forma física.

Aposte forte na prevenção da sua saúde. Poderá fazer uma enorme diferença no seu corpo e na sua carteira

Alimentação saudável

Uma alimentação saudável é bastante importante para a sua saúde. Evite comer alguns alimentos prejudiciais, e opte por uma alimentação mais à base de peixe do que de carne. Se optar pela carne, as carnes brancas e as aves são as mais recomendadas.

No topo da nova roda dos alimentos estão os cereais, os produtos hortícolas e a fruta. Estes produtos devem estar em todas as suas refeições, já que são estes os alimentos base para uma alimentação saudável. Claro está que para ter uma alimentação saudável, deve evitar os doces e as cadeias de fast-food, devido aos bolos e às gorduras.

Para aliar a alimentação saudável à poupança, são necessárias também algumas regras, como por exemplo elaborar uma lista de compras antes de ir ao supermercado. Assim, irá comprar apenas o que necessita e o que foi escolhido previamente. Poderá também utilizar as praças e os mercados para comprar produtos frescos, sejam eles legumes, peixe ou hortaliças. A relação qualidade/preço costuma ser melhor nestes locais, face à dos supermercados. Tenha também em atenção as embalagens económicas, já que algumas vezes poderão não compensar.

Poderá também poupar na sua carteira e na sua saúde, se evitar comer fora. Por exemplo, se no seu local de trabalho existir uma cozinha ou sala de refeições, aproveite e leve a sua refeição de casa. Irá conseguir deste modo uma boa poupança no final do mês e evita mudar os hábitos de alimentação saudável que está a pôr em prática em casa.

Actividade física

Fazer exercício físico é muito importante para o seu corpo, para o seu coração e para a sua mente. Necessita apenas de 30 minutos diários para manter o seu corpo em forma. Durante esse tempo poderá caminhar ou fazer exercícios localizados.

Faça a sua preparação física nos jardins municipais ou circuitos de manutenção, tornando-os no seu ginásio e evitando com isto pagar para exercitar-se. Aproveite agora que o verão está a chegar para tornar a praia o seu ginásio. Lá poderá caminhar, correr e até nadar, que é dos desportos mais completos para o corpo.

Abandone os vícios

Abandonando os vícios, como por exemplo o tabaco e o álcool em excesso, está a recuperar alguns anos de vida. Se fumar um maço de cigarros por dia e se deixar de o fazer, irá gerar uma poupança de mais de 100 euros mensais. Este dinheiro não gasto é ainda acrescido das consultas que já não terá devido a estes vícios.

Assim, poderá aproveitar esse dinheiro para reforçar os seus produtos de poupança, como por exemplo os depósitos a prazo ou fundos de investimento.

Seguros de Saúde

Os seguros de saúde são óptimos para o proteger a si e à sua família numa situação de doença. Mas será que precisa realmente de todos os benefícios que o seguro de saúde apresenta? Se utilizar todos os conselhos dos pontos anteriores, certamente a necessidade de utilizar o seguro de saúde diminui e assim poderá poupar algum dinheiro.

Muitas pessoas têm seguro de saúde, por causa da medicina dentária. No entanto, seja pró-activo. Previna-se em casa para evitar ir ao dentista. Escove os dentes e use fio dentário para uma dentição mais saudável. Ao não necessitar de ir ao dentista irá poupar muito dinheiro, que poderá utilizar para outras actividades.

Aproveite ainda as escolas e as faculdades de medicina para os seus tratamentos ou consultas. Mesmo que seja tratado ou consultado por um aluno, o professor irá estar presente, garantindo que tudo corra conforme planeado. O preço das consultas, por exemplo, na Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto, variam entre os 15 e os 25 euros, bem abaixo do preço em consultórios de dentistas particulares.

Se seguir estes conselhos, irá certamente menos vezes ao médico, estará mais saudável e pronto para qualquer situação. Andará mais optimista na sua vida e com a sua carteira, que vê as despesas com a saúde diminuírem.

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB