- Saldo Positivo - http://saldopositivo.cgd.pt -

Ativar Portugal: Como encontrar emprego na área das tecnologias?

ativarartigo [1]Para combater o problema do desemprego em Portugal têm sido criadas diversas iniciativas por parte de grupos privados com o objetivo de apostar na formação, na criação de estágios e de postos de emprego. Uma das últimas medidas implementadas nesse sentido é o programa Ativar Portugal [2], criado pela iniciativa da Microsoft em parceria com várias empresas, entre as quais a Caixa Geral de Depósitos. Até ao momento, o programa, que arrancou em maio deste ano, já conseguiu criar 500 postos de trabalho na área das tecnologias de informação (TI). Saiba como funciona.

 

1. Em que consiste o programa Ativar Portugal?

É um programa que nasceu pelas mãos da Microsoft e que tem como objetivo combater o desemprego em Portugal mas também contribuir para o aumento das qualificações e das competências dos trabalhadores portugueses. Para isso foi criado o portal Ativar Portugal que tem várias valências: por um lado, tem uma área de formação e certificação em tecnologias Microsoft. [3]Por outro lado, o portal apostou também na criação de uma janela de emprego, [4] na qual estão disponíveis centenas de ofertas de emprego na área das tecnologias de informação. Este canal funciona assim como uma plataforma de contacto e um ponto de encontro entre candidatos e empresas recrutadoras.

 

2. A quem se destina?

As condições criadas pelo programa não se destinam apenas a profissionais das tecnologias de informação, mas também a pessoas leigas no que diz respeito a conhecimentos informáticos. Aliás, a organização do programa identificou quatro públicos-alvo distintos. A saber: Pessoas com poucos conhecimentos de tecnologia, profissionais com alguns conhecimentos tecnológicos e que querem aprofundar as suas competências com vista a uma progressão na carreira; profissionais com bons conhecimentos que pretendam obter uma certificação em tecnologias Microsoft e pessoas que possuindo competências em outras áreas (atualmente sem empregabilidade) pretendam valorizar-se para iniciar uma carreira na área das tecnologias de informação.

 

3. Que vantagens os candidatos beneficiam?

No que diz respeito à oferta de formação e certificação na área das tecnologias Microsoft, as pessoas interessadas beneficiam de algumas vantagens, nomeadamente, no que diz respeito à possibilidade de usufruírem de cursos com descontos que podem ir até aos 66%. Além disso, e através de um protocolo assinado entre a Microsoft e a CGD, os particulares interessados em fazer estas formações podem ter acesso a uma solução financeira diferenciada. Para saber mais pormenores sobre esta parceria consulte esta área do site da CGD [5].

 

4. Quais os objetivos do programa?

Ao lançar este portal, a Microsoft e as empresas parceiras deste projeto querem formar e certificar cerca de 10 mil pessoas em tecnologias Microsoft até ao final de 2017. Ao mesmo tempo, o projeto quer contribuir para o aumento da criação de empregos na área das tecnologias de informação. Segundo números avançados na semana passada pelo diretor-geral da Microsoft à agência Lusa, nos primeiros seis meses de vida do programa foram criados 500 postos de emprego, submetidos mais de 4.000 currículos e mais de 250 empresas inscreveram-se para participar no projeto.

 

Leia também os seguintes artigos:

– 10 Erros a evitar no curriculo [6]

– 8.000 oportunidades de estágio e emprego: Saiba como concorrer? [7]

– Pitch: Como brilhar numa entrevista de emprego em três minutos [8]

– Conheça nove sites de emprego à medida da sua empresa [9]

– Saiba como um “treinador” pode ajudá-lo a encontrar emprego [10]