Cinco dicas ‘low cost’ para atividades de lazer

Saiba como fintar a austeridade e continuar a fazer as atividades de lazer que mais gosta sem gastar um euro.

LazerCom um pouco de criatividade poderá fazer o que mais gosta sem gastos significativos. O segredo é estar a par das novidades e, para isso, a Internet é fundamental. Subscreva as ‘newsletters’ de sites de atividades gratuitas, pois encontrará algo a seu gosto e a custo zero. Eis algumas sugestões:

 

1. Museus virtuais

Alguns dos melhores museus nacionais e internacionais disponibilizam esta ferramenta nos seus sites, de forma gratuita. Não terá o mesmo efeito do que ver as obras “ao vivo e a cores”, mas será enriquecedor e ficará com uma ideia do que o espera numa futura visita física. Em Portugal pode experimentar a visita virtual, por exemplo, do Museu Grão Vasco, do Museu Nacional de Arte Antiga, do Museu Nacional de Soares dos Reis ou do Museu Nacional do Azulejo. Também o Palácio Nacional da Ajuda, o Palácio Nacional de Mafra, Palácio Nacional de Queluz e o Palácio Nacional de Sintra dispõem desta possibilidade. Ao nível internacional, experimente o MoMA – The Museum of Modern Art, o Palácio de Versailles ou o Tate Modern Museum, entre outros.

 

2. Atividades em família:

Além das idas à praia e dos piqueniques, explore as muitas atividades culturais gratuitas que acontecem pelo País. Se lhe faltam as ideias, existem muitos guias on-line com ideias de atividades em família, alguns com atividades com desconto e gratuitas.

 

3. Exercício:

Há uma panóplia de alternativas bem mais entusiasmantes do que estar fechado num ginásio: dar uma corrida à beira-mar ou praticar exercício físico num agradável jardim são alguns exemplos. No entanto, se precisa de motivação extra, que tal aproveitar para conhecer sítios agradáveis através de caminhadas? Além de saudável, preenche o seu tempo de forma lúdica, faz novas amizades e conhece novos lugares. E encontra facilmente muitos sites de grupos de caminhadas gratuitas.

 

4. Cultura:

Se não dispensa uma ida ao teatro, cinema ou workshops, há também muitos portais que com as “borlas” existentes em muitas cidades do mundo. Procure algum com sugestões numa cidade perto de si e verá as muitas oportunidades que desconhecia existir.

 

5. Leitura online:

Existem também inúmeros sites que disponibilizam ‘downloads’ gratuitos das obras em português. Experimente o portal brasileiro Livros Online Domínio Público, onde encontrará várias obras, desde a Divina Comédia, de Dante Alighieri, às de Fernando Pessoa. Tenha em atenção que as estrangeiras estão traduzidas em português do Brasil. Se pretende ler gratuitamente obras integrais, sejam literárias, de história, de arquitetura ou de música, a Biblioteca Digital Camões é, também, uma ótima solução, permitindo ‘download’. E, para os mais pequenos, existe a Biblioteca de Livros Digitais, que reúne vários títulos infantis da responsabilidade do Plano Nacional de Leitura. Apesar de não permitir o ‘download’, poderá ler no ecrã do dispositivo escolhido para aceder ao site.

 

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB