Cinco formas de aumentar a sua poupança

Saiba como poderá aumentar a sua poupança através de meios fornecidos pelo seu banco.

poupançaTer dinheiro de parte para prevenir uma situação imprevista ou para conseguir pagar uma viagem de sonho não está ao alcance de todas as famílias portuguesas. Mas com o aproximar de 2014 e com a expectativa de agravamento das medidas de austeridade, torna-se ainda mais imperativo que tenha uma rede de segurança para o caso de ter algum imprevisto financeiro. Existem alguns mecanismos, como a abertura de contas poupança a partir dos zero euros ou a transferência de valores a partir de um euro, que podem facilitar a agregação de poupança ao longo do tempo.

 

1. Arredondamentos

Arredondar nas compras que faz pode tornar-se um gesto automático se assim preferir. Imagine que faz uma compra de 9,50 euros, o valor poderá ser arredondado para 10 euros sendo que 0,50 cêntimos irão diretamente para a sua conta poupança. Este tipo de solução funciona quase como um mealheiro, onde por cada compra que faz está a conseguir poupar mais um pouco.

 

2. Agendamentos Automáticos

Se é daqueles que não consegue poupar, saiba que poderá conseguir atingir este objetivo através de transferências automáticas. Ou seja, sempre que o seu ordenado cai na conta é retirada uma parte que irá automaticamente para o seu PPR ou conta-poupança. Poderá fazê-lo através do agendamento automático e com montantes a partir dos 10 euros.

 

3. ‘Cash-back’

Este mecanismo está disponível para quem utiliza cartão de crédito. Ao realizar pagamentos de uma determinada quantia com o cartão é-lhe devolvida uma pequena percentagem do valor total da sua compra. Esta percentagem varia em função do valor de compras que realiza num determinado período e é limitada a um montante estabelecido com o seu banco. O valor que resultar da percentagem poderá ser colocado na sua conta poupança.

 

4. Depósitos a prazo com capitalização dos juros

Existem alguns depósitos que permitem a capitalização dos juros no saldo da sua aplicação financeira. Assim, poderá ver a sua poupança a crescer um pouco mais. Geralmente esta solução é mais comum nos depósitos a prazo com taxa crescente.

 

5. Cartões pré-pagos para ensinar a gerir a mesada

Uma solução para os pais que costumam dar a mesada aos filhos passa pelo pagamento da mesada através dos cartões pré-pagos. Desta forma, os pais fazem transferências automáticas para o cartão pré-pago utilizado pelo filho, cabendo-lhe a ele a gestão do dinheiro. O valor que não for utilizado poderá ser automaticamente guardado e transferido para a conta poupança do seu filho.

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

  • FERRAMENTAS

    PUB
    PUB