- Saldo Positivo - http://saldopositivo.cgd.pt -

Como fazer dinheiro com o seu guarda-roupa?

roupa [1]Com a crise e a diminuição dos salários a compra de peças de roupa e acessório ficaram relegadas para último plano. As contas acumulam-se e qualquer compra que saia fora do orçamento tem de ser bem equacionada. Por isso, não é de estranhar que as lojas de trocas e de compra e venda de roupa em segunda mão tenham ganho destaque durante esta crise. O Saldo Positivo dá-lhe a conhecer algumas formas para conseguir obter um rendimento extra com as peças de vestuário que estão no seu roupeiro sem uso. Leia também o artigo: Compras online: Descubra como poupar na compra de roupa [2]

 

1. Vender roupa através dos portais de classificados:

a) Olx e Custo Justo

Estes dois sites são os mais conhecidos para quem quer vender roupa ou outros produtos em segunda mão. Para tal, bastar tirar algumas fotografias à roupa que quer vender, estabelecer um preço, definir qual o tamanho da peça de roupa e limitar a sua localização. Desta forma poderá fazer a venda em mão e diminuir o custo que teria com portes de envio. Tenha especial atenção ao preço praticado, uma vez que este pode ser regateado pelo possível comprador.

b) Roupeiro.pt

A roupeiro.pt segue a mesma filosofia que o Custo Justo ou o OLX. Sendo que tem a particularidade de ser um portal de classificados dedicado à compra e venda de roupa, calçado e acessórios. Basta criar um anúncio, tirar fotografias à sua roupa e definir o preço. Preencha o máximo de campos possíveis para que o seu anúncio possa chegar a vários potenciais compradores. Se for necessário, não se esqueça de incluir os portes de envio. Para saber mais informações, consulte o site [3].

 

2. Onde vender roupa de criança?

a) Kid to Kid

Esta loja é destinada à compra e venda de roupas, sapatos e acessórios para bebés, crianças e pré-mamãs. Só tem que levar os seus produtos até uma das lojas que se encontram por vários locais do País. Os seus artigos são avaliados e recebe o pagamento na hora. Além disso pode ainda ter direito a alguns descontos em compras, por exemplo, se tiver cartão de cliente e obtiver 15 carimbos tem direito a um vale de desconto de 10 euros. Para saber mais visite uma das lojas Kid to Kid ou consulte o site [4].

b) Dar e Vender

A Dar e Vender é uma loja online focada para produtos de bebé e criança em segunda mão. Terá que enviar o artigo que quer vender para que seja avaliado e receber um preço. Depois disso o artigo é colocado no site, sendo que 50% do lucro irá para a Dar e Vender. Se não quiser vender, poderá optar pela opção da dar as roupas bebé a quem mais precisa. Pode consultar o site da Dar e Vender e obter mais informações. Veja também o vídeo: Proteja a sua roupa [5]

 

3. Optar por vender roupa em lojas à consignação

a) Loja Baú – Segunda Mão

Esta loja situada em Campo de Ourique, na cidade de Lisboa, comercializa roupa em segunda mão e de várias marcas de topo. Para que a sua roupa seja vendida terá que fazer uma marcação prévia de forma a que a roupa seja escolhida. Depois deste processo, o preço de venda é definido pela loja e por si, sendo que as peças ficam na loja durante três meses. As vendas são feitas à consignação, isto é, ao fim dos três meses acertam-se as contas aos artigos vendidos e as receitas da das vendas efectuadas são divididas entre 50% entre si e 50% para Loja Baú. Para saber mais sobre esta loja visite o seu site [6].

b) Escolhido a Dedo

É uma loja online mas existe uma loja física em Torres Vedras. É sempre feita uma triagem aos artigos usados para confirmar que estejam em boas condições. Também vende artigos novos com preço inferior ao normal. Pode fazer a sua compra online, por email, por telefone ou deslocar-se à loja em Torres Vedras e pagar através de transferência ou depósito bancário ou ‘paypal’. As vendas são feitas à consignação sendo que só tem que enviar ou entregar os artigos que pretende vender, sendo que a margem de lucro é de 50% para a Escolhido a Dedo. Para saber mais informações visite o site [7].

 

Nota: Este artigo foi originalmente publicado no dia 19 de novembro de 2013

 

Leia também os seguintes artigos:

– Seis dicas low cost para renovar a sua casa [8]

– Faça você mesmo: Conheça 10 sites essenciais [9]

– Cinco formas de aumentar a sua poupança [10]

Minimalismo: Como funciona o movimento que ajuda a poupar? [11]

– Seis aplicações que ajudam a poupar [12]

– 10 Sites para gerir melhor as suas despesas [13]

– Oito formas de obter rendimentos extra [14]

– Como organizar o orçamento quando está sem dinheiro [15]