Como fazer refeições por menos de 1,25 euros?

Gastar menos de 1,25 euros por refeição. Acha impossível? O Saldo Positivo mostra-lhe que não.

Estando as dicas dadas, é altura de dar a conhecer algumas sugestões de receitas para quatro pessoas cujo custo não supera os cinco euros. Ou seja, preparar cada uma destas refeições sugeridas por Joana Roque tem um custo inferior a 1,25 euros por pessoa.

 

 Bifes Enroladosrefeições

Ingredientes para 4 pessoas:

  • 8 bifanas finas de porco
  • 8 fatias de queijo
  • 8 fatias de fiambre
  • 2 cenoura
  • Azeitonas descaroçadas
  • Azeite q.b.
  • 100 ml de vinho branco
  • Sal e pimenta q.b.
  • 2 dentes de alho picados

 

Preparação:

Bata muito bem as bifanas para que fiquem bem espalmadas. Sobre cada bife coloque uma fatia de fiambre, uma fatia de queijo. Rale a cenoura e distribua montinhos em cima do queijo. Ponha também três azeitonas sem caroço em cada bife. Enrole os bifes, aperte bem, e prenda com palitos. Ponha os rolinhos num tabuleiro, adicione o alho picado, tempere com sal e pimenta e regue com azeite e o vinho branco. Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 30 minutos. Sirva com arroz branco ou batata frita e uma salada.

 

Caril de Grão-de-Bicorefeições

Ingredientes para 4 pessoas:

  • 400 g de grao-de-bico cozido
  • 2 colher de sopa de óleo vegetal
  • 1 folha de louro
  • 1 colher de sopa de pó de caril
  • 2 cebolas
  • 2 tomates grande maduro (ou tomate pelado)
  • 2 dentes de alho
  • 1 pedacinho de gengibre fresco
  • Piripiri em pó a gosto
  • Coentros frescos

Preparação:

Com o robot de cozinha faça uma pasta com as cebolas, o tomate, os dentes de alho e o gengibre fresco. Reserve. Leve uma panela ao lume com o óleo e junte o louro, o pó de caril e o piri-piri a gosto e deixe fritar dois minutos em lume brando. Junte a pasta de cebola e tomate e deixe fritar mais um pouco. Junte o grão previamente cozido e escorrido à mistura das especiarias e mexa bem. Tempere de sal e junte cerca um pouco de água, para fazer o molho. Deixe cozinhar em lume brando, tapado, durante 10 minutos. Sirva polvilhado com coentros picados, e acompanhe com arroz basmati.

 

Tabuleiro de Pescada com Broa

refeiçõesIngredientes para 4 pessoas:

  • 4 lombinhos de pescada
  • 1 cabeça de brócolos
  • 2 cenoura grande
  • 2 cebolas
  • 4 fatias grandes de broa
  • Azeite q.b.
  • 1 folha de louro
  • Sal e pimenta

Preparação:

Coza os brócolos em raminhos e a cenoura cortada em cubinhos, mas não os deixe cozer demasiado para que não fiquem moles e desfeitos. Entretanto esfarele as fatias de broa e reserve. Pique os dentes de alho e a cebola e leve-os a alourar em azeite. Acrescente o louro e junte depois os lombinhos de pescada partidos em pedaços deixando refogar e temperando de sal e pimenta. Acrescente depois os brócolos e a cenoura já cozidos e envolva bem. Coloque a mistura num tabuleiro que vá ao forno e cubra com a broa previamente esfarelada. Regue generosamente com um pouco mais de azeite e deixe dourar alguns minutos no forno. Sirva com salada ou legumes salteados.

 

B.I.

Joana Roque é formada em turismo mas foi o gosto pela culinária que a tornou conhecida. É autora de três livros de  culinária: “Feito em casa”, que já vai na 10ª edição; “Cozinhar, Celebrar e Partilhar” e mais recentemente lançou “O que faço hoje para jantar?”. É também autora de dois blogues: “As minhas receitas” e o “Economia cá de casa”.

 

Nota: Este artigo foi originalmente publicado a 31 de maio de 2013

 

Para saber mais sobre este assunto, leia também: 

Poupar nas refeições

Guia para compras no supermercado

Teste: Descubra se é uma pessoa poupada ou gastadora

Seis formas de poupar sendo sustentável

Como aproveitar as promoções dos supermercados 

Poupe mais de 400 euros por ano usando a marmita

Continue a ler o artigo nas páginas seguintes: 1 2 | Ver artigo Completo

16 respostas a “Como fazer refeições por menos de 1,25 euros?”

  1. Rui Costa

    Excelente artigo! A alimentação é daquelas coisas em que podemos gastar muito, o inverso também é verdade, podemos poupar e comer de forma saudável!

    Responder
  2. Helena Ferreira

    Fantástico! Um tema muito útil e que nos ajuda a reflectir, sobre os nossos hábitos alimentares e o orçamento associado.

    Responder
  3. Queremos Vales de Desconto

    Excelentes sugestões! Obrigada 😉

    Responder
  4. Daniel

    uma das outras opções não faladas aqui e que pode ser útil: comprar directamente aos fornecedores.
    prático culturismo o que me faz ter uma alimentação restrita e “cara” porque involve muita carne, uma das opções mais viáveis que utilizo e a compra ao fornecedor, encomendo no inicio do mês uma grande quantidade de comida e depois armazeno tudo no congelador e vou cozinhando

    Responder
    • rick

      bem visto caro amigo. alem dessa deixo outra dica que uso a anos e funciona em todos os aspectos .comprar todos os frescos no mercado pois da sempre para negociar e compo sempre mais barato aquela fruta um pouco mais madura nao me faz diferenca uma vez que vou de dois em dois dias ao mercado

      Responder
  5. Paula

    Gostei! Quero mais!

    Responder
  6. maria

    Muito engraçado e como acho que ainda sei fazer contas aí vai:
    11,60:7 dias = 1,1657/dia
    1,1657:2 =0,8285 cada um
    Assim sendo cada refeição fica por 0,414 cêntimos.
    VÂO DAR BANHO AO CÂO

    Responder
    • Saldo Positivo

      Boa tarde Maria,
      Os 11,60 euros que refere nas suas contas é o valor de referência que a britânica Jack Monroe usava por semana para cozinhar para si e para o seu filho. Não é o valor das receitas que nós apresentamos neste texto e que foram sugeridas pela Joana Roque. Estas três receitas que constam neste artigo têm um custo global de cinco euros cada uma. Tendo em conta que cada receita é concebida para quatro pessoas, significa que o custo médio de cada refeição por pessoa se situa nos 1,25 euros que referimos no título do artigo (5 euros/4 pessoas= 1,25 euros).
      Atenciosamente,
      A Equipa Editorial do Saldo Positivo

      Responder
  7. vitaliosantos

    Adorei as dicas. Obrigado !!!

    Responder
  8. sandra santos

    espectacular !!! Vou experimentar algumas dicas !

    Responder
  9. jose manuel moutinho

    Os meus sinceros cumprimentos gostei e recomendo a amigos e amigas do meu circulo intimo ,a lerem as suas dicas de a uns tempos para cá que utilizo o seu método de poupar e da resultado .

    Responder
  10. Sónia

    Meus comprimentos e muito obrigada Sra Alexandra por este blogue , porque vai ajudar-me imenso ….. E também vou recomendar este blogue para minhas amigas e amigos ……

    Responder
  11. Ana

    Excelente ! acrescento um prato económico o souflé de atum e para quem tem salsichas em lata – adicione a picados ou salteie com numa frigideira com couve lombarda cozida e ovo batido – sal e nós moscada boas festas

    Responder
  12. A.PETRICA

    NO POUPAR É QUE ESTÁ O GANHO.

    Responder
  13. FalamosDepois

    Creio que pelo que aqui se deixou escrito só dar para chegar a uma conclusão:os Portugueses andam mesmo a atravessar a crise e a tentar sobreviver até na alimentação,valha-me Deus!!!Ao que chegámos!!!Mas eu vivo nalgum campo de refugiados para ter que me alimentar e à família com 1,25 euros por refeição???Assim,de facto,nunca mais saímos da mediocridade e este País será sempre uma miséria!

    Responder
  14. Belém

    Se não é possível comer melhor que remedio

    Responder

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB