Como saber qual é o valor total das suas dívidas?

Se for ao site do Banco de Portugal poderá consultar um mapa que contém todas as suas responsabilidades de créditos. Veja como pode aceder.

Consultório-artigo

Como saber o valor total das suas dívidas?

O ‘plafond’ do cartão de crédito, a prestação da casa ou do crédito do carro. Estes são exemplos de algumas das principais responsabilidades financeiras das famílias portuguesas. Mas será que conhece a fundo todas as suas dívidas? Se quer saber exatamente quanto deve aos bancos e a outras entidades financeiras basta dirigir-se ao site do Banco de Portugal e obter o seu mapa pessoal de responsabilidades de crédito.

Aqui poderá encontrar, entre outras informações, o saldo em dívida (bem como a prestação mensal suportada) do crédito da casa; do carro ou de outros bens de consumo; os montantes utilizados nos seus cartões de crédito; o saldo a descoberto da sua conta ordenado; ou mesmo aquela viagem que fez nas últimas férias e para a qual obteve um financiamento prestado por uma instituição financeira. Além da descrição dos seus créditos poderá ver também qual é a situação em que estes empréstimos se encontram (regularizados ou em incumprimento).

Todas as pessoas singulares e empresas podem aceder ao seu mapa de responsabilidades, nesta base de dados do Banco de Portugal. Sendo que a confidencialidade dos dados está garantida já que a informação que contra na Central de Responsabilidades de Crédito (CRC) só pode ser prestada à própria pessoa ou empresa, que tem de autenticar-se previamente no site do Banco de Portugal.

Um dado importante: no mapa constam não só as responsabilidades de crédito efetivas como também as responsabilidades potenciais. Quer isto dizer que no mapa aparecem também os montantes que não utilizou no seu cartão de crédito (mas que está autorizado a mobilizar). Da mesma forma, se o consumidor for fiador de um crédito contraído por um familiar ou amigo, essa informação também aparece no mapa como responsabilidade potencial.

 

Como aceder?

Para consultar o seu mapa de responsabilidades de crédito deverá aceder a esta área do site do Banco de Portugal . O consumidor deverá ler a aceitar as condições de acesso por via eletrónica à Central de Responsabilidades de Crédito (CRC). De seguida deverá assinalar a data da informação histórica que pretende obter, sendo que esta base de dados apenas apresenta as responsabilidades financeiras desde janeiro de 2009. Deverá depois clicar na opção “Obter Mapa”. É então apresentada aos consumidores uma página de autenticação. Os consumidores podem fazer a sua autenticação de duas formas: com o cartão do cidadão (mas para isso terá de possuir um leitor de cartões, software do cartão do cidadão e o pin de autenticação); ou através da sua senha de acesso ao Portal das Finanças. Após a autenticação ter sido feita com sucesso, o consumidor pode visualizar o seu mapa de responsabilidades de crédito.

 

Como funciona a central de responsabilidades de crédito e para que serve?

Esta base de dados é gerida pelo Banco de Portugal e foi criada legalmente no final de 2008. Ela é alimentada pelas informações enviadas pelas entidades participantes (Ex. bancos, instituições financeiras de crédito, sociedades de factoring, etc.). Segundo a informação que consta no site do Banco de Portugal: “A CRC tem como principal objetivo apoiar as entidades participantes na avaliação do risco de concessão de crédito. Para o efeito, estas entidades acedem à informação agregada das responsabilidades de crédito de cada cliente no conjunto do sistema financeiro”.

Para saber mais detalhes sobre como funciona a Central de Responsabilidades de Crédito consulte este caderno do Banco de Portugal.

 

Leia também os seguintes artigos relacionados:

– Está a pagar corretamente as suas dívidas? 

– O que deve saber sobre a central de responsabilidades de crédito?

– Como organizar o orçamento quando está sem dinheiro

– Penhoras de salários: Como funcionam?

– Simulador de penhora de salários: Quanto lhe podem tirar? 

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB