Compensa ter seguro dentário?

Os tratamentos dentários são, regra geral, dispendiosos. Mas será que compensa subscrever estes seguros se tem os dentes perfeitos?

As despesas com dentista são, na maior parte das vezes, muito dispendiosas e grande parte dos tratamentos não está contemplada pelos seguros de saúde gerais, nem é disponibilizada pelo Serviço Nacional de Saúde. Os seguros dentários surgiram para preencher essa lacuna. Em termos gerais, ao subscrever seguros dentários terá acesso a consultas gratuitas de estomatologia de rotina e urgência, cirurgias a preços reduzidos, entre outro tipo de tratamentos. Existem companhias que oferecem o seguro para os filhos enquanto crianças. O estado dos seus dentes, o cuidado que tem com eles e a eventual necessidade de tratamentos podem dar-lhe a resposta quanto à adequação de um seguro dentário para si.

O cuidado com os dentes é a principal maneira de poupar em dentistas

Principais coberturas:

  • Redução dos preços em aparelhos de correcção dentária, branqueamento dentário, higiene oral, implantes, próteses dentárias, drenagem de abcessos, entre outros serviços.

Vantagens:

  • Descontos em tratamentos dentários;
  • Sem limite de idade para adesão;
  • Algumas seguradoras não impõem períodos de carência;
  • Rede alargada de clínicas dentárias à disposição do tomador do seguro (A maioria de companhias garante as coberturas do seguro a partir de acordos com um grupo de clínicas de saúde oral, de forma a poderem fixar as margens de comparticipações ou co-pagamentos dos respectivos tratamentos. Normalmente os segurados que vivem em regiões não abrangidas pela rede de consultórios podem acordar com a seguradora um regime de dedução das despesas);
  • Descontos ou gratuitidade para os filhos do beneficiário;
  • Benefícios fiscais (o seguro dentário pode ser incluído nos prémios de seguros que cobrem exclusivamente riscos de saúde. Logo poderá deduzir até 30 por cento do montante pago, com limite de 84 euros para os não casados, acrescido de 42 euros para os dependentes e 168 euros para os casados).

Como aceder:

É aconselhável que faça primeiro um check-up à sua saúde oral, para que que tenha a noção dos gastos que poderá despender com a correcção dos seus dentes. Após a consulta de estomatologia ou ortodontia (no caso de pretender colocar aparelho dentário) escolha uma seguradora que apresente as coberturas que mais se adaptem às suas necessidades. Isto porque as condições oferecidas nem sempre serão vantajosas para si. Pense sempre no preço que pagaria pelo tratamento caso fosse segurado e no preço que pagaria não beneficiando de qualquer comparticipação.

Quanto custa:

  • Entre 60 e 80 euros anuais, dependendo dos descontos e comparticipações nos tratamentos de saúde dentária.

2 respostas a “Compensa ter seguro dentário?”

  1. Dossier Seguros | Saldo Positivo - O site de literacia financeira da Caixa

    […] Compensa ter seguro dentário? […]

    Responder
  2. Seguro Dentário | Será importante? | Produtos Bancários

    […] site Saldo Positivo possui um artigo excelente sobre se compensa aderir a um seguro dentário onde além de muitas […]

    Responder

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB