Dica 5: União de facto – IRS em conjunto ou em separado?

Se vive em união de facto, saiba se compensa entregar a declaração de IRS em conjunto ou em separado.

uniao1

Vivo em união de facto: Devo entregar a declaração em conjunto ou em separado?

Se o casal vive há mais de dois anos com o mesmo domicílio fiscal, o Fisco já considera como união de facto. Os casais que tenham outras provas de vida em comum, mas não tenham a mesma morada fiscal, não são considerados como união de facto. Se vive em união de facto pode escolher entregar a declaração de rendimentos conjunta ou separadamente, ao contrário das pessoas casadas que são obrigadas a entregar em conjunto. Quando compensa? No que diz respeito ao IRS nada é linear e existem sempre fatores extra que podem influenciar. Porém, entregar em conjunto pode compensar quando os casais têm rendimentos díspares. Entregar separadamente pode compensar quando existem dois filhos, distribuindo os filhos por cada declaração de IRS para aproveitar melhor as deduções de IRS.

 

Número: 365 mil

É o número de casais a viver em união de facto em Portugal, de acordo com o estudo “Famílias nos Censos 2011: Diversidade e mudança”, do Instituto Nacional de Estatística. Este número representou um aumento de 96% quando comparado com os dados em 2001, altura em que apenas 185 mil casais viviam de forma mais informal.

 

Leia aqui artigos relacionados com o mesmo tema:

Saiba tudo o que pode deduzir na próxima declaração de IRS

Como ter um casamento low cost 

Descubra quais são os custos do divórcio

Dinheiro e amor

 

Leia aqui todas as dicas: 

Dica 1: Durante quanto tempo devo guardar os documentos de IRS? 

Dica 2: Como posso doar uma parcela do meu imposto? 

Dica 3: O que tenho de fazer para começar a entregar o IRS pela internet? 

Dica 4: O que acontece se eu atrasar-me na entrega da declaração?

Dica 5: União de facto: declaração em conjunto ou em separado?

Dica 6: Estou desempregado. Tenho de preencher o IRS?

Dica 7: Como incluir o benefício fiscal do IVA na declaração do IRS?

Dica 8: Que despesas posso deduzir na declaração de IRS?

Dica 9: Passei um recibo de ato isolado. Quando entrego o IRS? 

Dica 10: Rescindi com a empresa por mútuo acordo. Onde ponho a indemnização?

Dica 11: Englobar os rendimentos é vantajoso? 

Dica 12: Devo declarar a pensão de alimentos paga aos meus filhos?

Dica 13: Senhorios: Como declarar as rendas recebidas no IRS?

Dica 14: Sou pensionista. Como devo declarar a CES no IRS?

Dica 15: Cometi um erro ao preencher o IRS. O que devo fazer?

Dica 16: Resgatei o meu PPR em 2013. Tenho de declará-lo?

Dica 17: O meu filho estuda e trabalha. Declaro-o como dependente no meu IRS?

Dica 18: Como devo declarar as mais-valias das ações?

Dica 19: Sou trabalhador independente. Como serei tributado?

Dica 20: Emigrei em 2013. Tenho de preencher o IRS em Portugal? 

 

3 respostas a “Dica 5: União de facto – IRS em conjunto ou em separado?”

  1. Marina Garmeiro

    em relação ao tema IRS em casais em união de facto, quando estes têm um filho como se deverá apresentar as despesas desse filho. Repartir as despesas entre os dois? Ou só poderá benefecar somente 1?

    Responder
    • Saldo Positivo

      Boa tarde Marina,
      Se apresentam o IRS em separado, as despesas relacionadas com o vosso filho só poderão entrar na declaração de um dos membros do casal.
      Atenciosamente,
      A Equipa Editorial do Saldo Positivo

      Responder
  2. lu araujo

    vivo em uniao de facto mas vamos fazer IRS separado.
    como declaramos a renda?
    obrigada

    Responder

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

  • FERRAMENTAS

    PUB
    PUB