Dica 13: Senhorios: como colocar as rendas no IRS ?

Taxa autónoma ou englobamento, como colocar no IRS os rendimentos que recebe.

casa1

Como colocar no IRS as rendas que recebo de um apartamento que tenho alugado?

Quem tiver rendimentos provenientes de habitações arrendadas (rendimentos prediais) tem duas hipóteses: a tributação autónoma (à taxa de 28%) ou o englobamento de rendimentos. No entanto, este tema tem suscitado muitas dúvidas, nomeadamente se, ao optar pela taxa autónoma, os proprietários podem continuar, ou não, a deduzir as despesas relativas aos imóveis, como é o caso do IMI, a taxa de esgotos, despesas de conservação, de manutenção, o seguro, eletricidade, porteira, etc.

“A Lei diz «Os rendimentos prediais são tributados autonomamente à taxa de 28 %». Mas não é clara. Não diz se são os rendimentos brutos ou líquidos, mas nós tínhamos a convicção de que ao rendimento bruto predial se abate essas despesas. No simulador que dispomos, essas despesas são abatidas”, explicou António Frias Marques, presidente da Associação Nacional de Proprietários (ANP) ao Saldo Positivo.

Esta convicção é corroborada pela consultora PricewaterhouseCoopers (PwC): “A aplicação da taxa autónoma não prejudica o direito de os Contribuintes deduzirem as despesas com os imóveis, nomeadamente com o pagamento de IMI e com as reparações. Com efeito, no artigo 41.º do CIRS, não se estabelece qualquer exceção ao regime no caso de os Contribuintes optarem pela referida tributação autónoma. Quer isto dizer que a taxa de 28% será aplicável ao rendimento líquido (depois de deduzidas as despesas de manutenção e de conservação que incumbam ao sujeito passivo, bem como o IMI e o Imposto de Selo)”, explicou ao Saldo Positivo, Ana Duarte, fiscalista da PwC.

No entanto, o presidente da ANP alertou para o facto de as Finanças estarem a recusar estas declarações de IRS: “A última informação que temos é que algumas repartições de finanças, nomeadamente no distrito do Porto, não estão a aceitar, porque dizem que é o rendimento bruto e se não abate nada”. Acresce a isto o facto de muitos proprietários não poderem optar pela alternativa do englobamento, pois não pediram em Janeiro o certificado dos rendimentos de capitais, condição fundamental para optar pelo englobamento.

Não se esqueça que todos os rendimentos provenientes de habitações arrendadas (rendimentos prediais) deverão ser declarados no anexo F.
Fonte: Código IRS, artigo 72 e artigo 41

Número: 4 meses

É quanto tempo demora uma casa a ser arrendada na Área Metropolitana de Lisboa, de acordo com dados do SIR – Sistema de Informação Residencial, da Confidencial Imobiliário, relativos ao quarto trimestre de 2013. Enquanto isso, a taxa de desconto (que resulta da comparação entre o preço final de venda e o último valor de oferta no mercado) é de 6%.

Fonte: Confidencial Imobiliário

 

Leia também outros artigos relacionado com o mesmo tema: 

Saiba tudo o que pode deduzir na próxima declaração de IRS

O que muda na nova lei do arrendamento

Arrendamento: 14 dicas a ter em conta

Arrendamento: despejos mais rápidos

 

Leia aqui todas as dicas:

Dica 1: Durante quanto tempo devo guardar os documentos de IRS?

Dica 2: Como posso doar uma parcela do meu imposto?

Dica 3: O que fazer para entregar o IRS pela internet? 

Dica 4: O que acontece se me atrasar com a declaração? 

Dica 5: União de facto: IRS em conjunto ou em separado? 

Dica 6: Estou desempregado. Tenho de preencher o IRS?

Dica 7: Como incluir o benefício fiscal do IVA na declaração do IRS?

Dica 8: Que despesas posso deduzir na declaração de IRS?

Dica 9: Passei um recibo de ato isolado. Quando entrego o IRS? 

Dica 10: Rescindi com a empresa por mútuo acordo. Onde ponho a indemnização?

Dica 11: Englobar os rendimentos é vantajoso?

Dica 12: Devo declarar a pensão de alimentos paga aos meus filhos?

Dica 13: Senhorios: como colocar as rendas recebidas no IRS?

Dica 14: Sou pensionista. Como devo declarar a CES no IRS?

Dica 15: Cometi um erro ao preencher o IRS. O que devo fazer?

Dica 16: Resgatei o meu PPR em 2013. Tenho de declará-lo?

Dica 17: O meu filho estuda e trabalha. Declaro-o como dependente no meu IRS?

Dica 18: Como devo declarar as mais-valias das ações?

Dica 19: Sou trabalhador independente. Como serei tributado?

Dica 20: Emigrei em 2013. Tenho de preencher o IRS em Portugal? 

 

 

5 respostas a “Dica 13: Senhorios: como colocar as rendas no IRS ?”

  1. Ignorante Fiscal

    No caso de se optar pela tributação autónoma como é que se processa o pagamento dos 28%? São pagos nas repartições de finanças? Qual o prazo para esse pagamento? Que documentos devem ser entregues?

    Responder
    • Saldo Positivo

      Boa tarde,
      Em resposta à dúvida que nos colocou: O senhor deverá ser avisado através de uma notificação do Fisco (em Agosto) para proceder ao pagamento. Essa notificação deverá ainda explicar quais são os meios de pagamento aceites.
      Atenciosamente,
      A Equipa Editorial do Saldo Positivo

      Responder
  2. Rogério Alves@gmail.com

    Algo está mal (no portal das finanças). Quando faço a simulação após preencher o anexo F das rendas e com a opção de não englobamento, o valor obtido não se altera. Ou seja, independentemente de declarar ou não as rendas, o valor da simulação é igual. Isto se a opção for não englobamento. Ou o simulador não está a funcionar bem para as rendas não englobadas ou estou eu a fazer algo mal … ?

    Responder
  3. Ana Coelho

    Ao ter rendas para declarar, a entrega do IRS só se efectua em maio? Obrigada

    Responder
    • Saldo Positivo

      Boa tarde Sra. Ana,
      Se é senhoria e obteve no ano passado rendimentos prediais (ex. rendas) e se faz a entrega da declaração de rendimentos pela internet, deverá submeter o seu IRS durante o mês de maio.
      Atenciosamente,
      A Equipa Editorial do Saldo Positivo

      Responder

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB