Torne a empresa mais saudável

Conheça os "mimos" que as empresas oferecem aos seus colaboradores em nome de um estilo de vida mais saudável.

empresa mais saudávelPequeno-almoço gratuito no escritório, fruta fresca à disposição, consultas de nutrição e um médico sempre disponível na empresa, massagens a meio do dia e aulas de ginástica laboral, subsídios para pagar a mensalidade do ginásio, seguros de saúde, horários flexíveis, teletrabalho. Estes são alguns dos “mimos” que as empresas oferecem aos seus colaboradores em nome de um estilo de vida mais saudável, trabalhadores felizes e motivados e uma maior produtividade no trabalho.

No mundo empresarial, os programas de Health Management (gestão da saúde) estão na moda. O investimento compensa: por cada euro investido em práticas de promoção da saúde no local de trabalho as empresas obtêm um retorno entre 2,5 e 4,8 euros, apenas pela redução dos custos relacionados com o absentismo, garante a Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho. O organismo europeu sublinha ainda que “apoiar um estilo de vida saudável é um esforço compensatório para todos, pois beneficia diretamente trabalhadores e empregadores, mas também a sociedade no seu todo, ao reduzir a sobrecarga para os sistemas de saúde”.

No atual contexto económico, as empresas estão a apostar em rentabilizar os seus recursos humanos e reduzir custos elevados, como as sucessivas faltas por baixa médica. A saúde dos colaboradores assume assim uma maior relevância na tentativa de maximizar os meios e minimizar os riscos. Prevenção (de doenças, stress e mau estar) é a palavra de ordem. Aqui entram os programas de gestão da saúde, cuja eficácia é apoiada por estudos científicos que mostram como o investimento na saúde dos trabalhadores é de facto um investimento na produtividade.

 

Estudos comprovam teoria

Uma pesquisa recente realizada em conjunto pela Brigham Young University, a Health Enhancement Research Organization e o Healthways Center for Health Research concluiu que os trabalhadores são mais produtivos no trabalho quando são saudáveis, felizes e praticam exercício físico. Ou seja, um estilo de vida pouco saudável resulta normalmente em altos níveis de perda de produtividade no trabalho. Os investigadores liderados pelo professor Ray Merrill, do departamento de Health Science da Brigham Young University, chegaram à conclusão que os colaboradores que os trabalhadores que não praticam exercício, ou só o fazem ocasionalmente, têm 50% mais hipóteses de registar uma performance inferior que os praticantes habituais de desporto. Para os fumadores, esta percentagem chega aos 28%, face aos não fumadores.

“As perdas de produtividade relacionadas com a saúde dos colaboradores dizem respeito a 77% do total e custam às empresas duas ou três vezes mais do que os gastos anuais com um plano global de saúde”, disse o autor do estudo, Ray Merrill.

“A nossa pesquisa confirma que a perda de produtividade dos trabalhadores está associada com baixos níveis de bem-estar, maus comportamentos de saúde, riscos elevados de doenças, patologias crónicas. Esta informação é importante porque o número de trabalhadores com excesso de peso, dietas erradas, diabetes e estilo de vida sedentário aumentou para níveis recorde nos últimos anos”, referiu James Pope, vice-presidente da Healthways.

 

Empresas apostam em boas práticas de saúde

Microsoft

Pode um edifício de escritórios ser, por si só, uma “experiência”? A resposta é sim quando se trata da nova sede da Microsoft em Portugal – “Microsoft Lisbon Experience” -, situada no Parque das Nações e inaugurada em Abril de 2012. Ali nada foi deixado ao acaso e tudo foi pensado tendo “as pessoas como o centro das preocupações e decisões”. “Os nossos colaboradores têm uma clara noção que procuramos colocar em prática iniciativas internas que têm em vista o seu bem-estar físico e emocional”, garante Patrícia Fernandes, Diretora de Relações Públicas, Cidadania e Imagem Corporativa.

Apesar de não existir um ginásio dentro do novo edifício da empresa, como acontecia na antiga sede do Tagus Park, com a mudança para Lisboa e para uma zona com grande oferta de espaços de prática desportiva, a Microsoft continua a incentivar a prática de atividade física através de parcerias com ginásios e clínicas de bem-estar, e também com um espaço onde os colaboradores podem mudar de roupa ou tomar duche após uma caminhada ou corrida à beira rio.

No que diz respeito à saúde e bem-estar, existe um conjunto de iniciativas que passam, por exemplo, pela oferta diária do pequeno-almoço a todos os colaboradores, disponibilização de fruta da época em todo o escritório, privilegiando-se a escolha de alimentos saudáveis, aconselhamento nutricional, com consultas personalizadas, entre outras. “Estas práticas têm influência e impacto direto nos níveis de produtividade e empenho. Colaboradores motivados e satisfeitos são a peça chave para uma empresa de sucesso”, refere Patrícia Fernandes. Em 2012, a Microsoft foi considerada como a 2ª melhor empresa para trabalhar em Portugal.

 

Nestlé

“Good Food, Good Life”. Este é o lema que define a Nestlé como uma empresa de “alimentação, nutrição, saúde e bem-estar”. Com este ADN, a companhia fundada pelo químico suíço Henri Nestlé em 1866 continua a acreditar que o bem-estar físico e mental passa por um estilo de vida saudável onde o exercício físico desempenha um papel fundamental em conjunto com uma alimentação variada, completa e equilibrada. “Esta preocupação abrange, antes de mais, os nossos colaboradores. Em linha com o nosso posicionamento no mercado queremos que adotem estilos de vida saudáveis e disponibilizamos continuamente informação sobre nutrição, saúde e bem-estar que lhes permita fazer escolhas saudáveis e informadas. explica Ana Gomes, diretora de Recursos Humanos da Nestlé Portugal.

A empresa com sede em Linda-a-Velha proporciona aos seus colaboradores um seguro de saúde, subsídios para a frequência de ginásios, sessões de ginástica laboral, serviço médico interno apoiado por dois médicos, um de Medicina do Trabalho e outro de Medicina Preventiva e Curativa, pequeno-almoço na empresa uma vez por mês, ementas saudáveis nos restaurantes das unidades da Nestlé e equipamentos de escritório ergonómicos. Além disso, lançaram recentemente um conjunto de medidas para conciliar a vida profissional e pessoal, que incluem a possibilidade de trabalhar um dia por mês a partir de casa ou sair mais cedo às sextas-feiras. O investimento compensa: o último estudo sobre o clima organizacional (no final de 2010) revelou “um elevado nível de compromisso dos colaboradores, o que só é possível por se sentirem motivados e apreciados”, diz Ana Gomes.

 

Cisco Systems

Em 2012, a Cisco Systems foi considerada, pelo segundo ano consecutivo, a Melhor Empresa Para Trabalhar em Portugal pelo Great Place to Work Institute. “É um sinal claro do bom funcionamento interno da empresa, possível de medir pela equipa forte, coesa, proativa, feliz e orgulhosa”, diz Andreia Rangel, diretora de Recursos Humanos da Cisco Portugal.

A distinção prende-se, entre outros fatores, com as práticas de saúde e bem-estar que a Cisco põe em prática para os seus colaboradores, a começar pela promoção da integração entre a vida profissional e pessoal, com a ajuda de soluções tecnológicas desenvolvidas pela própria empresa: escritórios virtuais a partir de casa, reuniões com telepresença, entre muitas outras tecnologias de ponta.

Nas ‘break rooms’ nos escritórios da Cisco há água filtrada, café e chá gratuitos, e ‘snacks’ saudáveis a um preço baixo para os colaboradores, que se podem inscrever no grupo “Moving Together”, que organiza jogos de futebol, voleibol, participações em corridas e maratonas, entre outras atividades desportivas. O Clube L, ginásio mais perto do escritório no Lagoas Park, em Oeiras, oferece aos colaboradores e respetivas famílias um desconto. O programa de seguros da empresa inclui um seguro de vida, de acidentes, de perda de rendimentos, e de saúde. O cansaço e a fadiga são prevenidos através de equipamentos ergonómicos e até existe um serviço de esteticista duas vezes por semana no escritório.

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB
PUB
PUB