Três lições de liderança da série “House of Cards”

Conheça alguns ensinamentos de liderança e gestão de carreira que podem ser retirados da série ‘House of Cards’.

House of cards-artifoA famosa série americana ‘House of Cards’ conta a história de um corrupto congressista americano interpretado pelo ator Kevin Spacey. A personagem Francis Underwood é um ambicioso político que pretende um alto cargo público em  Washington. E apesar de a série mostrar a história de um homem que não olha a meios para atingir as suas ambições, a verdade é que o enredo da série pode, em alguns pontos, ajudar os gestores a perceber como se conquista a liderança, tal como explica o artigo da INC.

Conheça alguns ensinamentos positivos de liderança e gestão de carreiras que podem ser retirados do ‘House of Cards’.

 

1. Conheça bem as pessoas que estão à sua volta

Nomes, datas de aniversários, nomes das esposas, ‘hobbies’ e até fraquezas. Nada escapa a Francis Underwood. Saber todos os detalhes é um trunfo poderoso para a gestão do seu dia-a-dia e para atingir os seus objetivos. Tal como a personagem principal de “House of Cards,” aproveite esta “dica” para observar as competências dos seus funcionários e para saber como pode ajudá-los a melhorar. Se quiser mais informações sobre um cliente importante que quer conquistar, tente perceber os seus interesses pessoais, pesquise, veja o perfil no Twitter, Facebook ou Linkedin para obter mais dados.

 

2. Não se sinta superior aos outros

Frank é um cliente regular de Freddy’s BBQ, uma churrascaria num bairro complicado dos EUA. O protagonista trata o Freddy, dono do espaço, da mesma forma que trata os seus colegas do Congresso. Não quer saber qual é o “status” dele, de onde vem ou quem é a sua família. Aprenda com Frank e não olhe com superioridade para as pessoas que estão fora do seu círculo de confiança. Explique os termos técnicos para quem não é da área, perca tempo a ouvir as pessoas. Não se sinta superior porque estudou na melhor universidade ou andou no melhor colégio. Desta forma, vai ganhar mais “pontos” junto do seu grupo de trabalho.

 

3. Não se restrinja à sua área de conforto

Frank sabe do que fala e domina várias áreas de conhecimento. Alguns profissionais especializam-se em determinadas áreas, ficam sua zona de conforto e perdem competências importantes. Não se esqueça de que a polivalência e a reciclagem contínua de conhecimentos são características fundamentais na progressão de qualquer carreira.

 

Leia também os seguintes artigos:

– Como melhorar a imagem enquanto empresário

– Os 10 mandamentos de um bom líder

– O que um chefe nunca deve dizer

– Como gerir a imagem através do seu ‘smartphone’

– Sabe qual é o seu perfil de líder?

– Sete dicas da “Guerra dos tronos” para ser um bom líder

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB
PUB
PUB