Nova diretiva europeia vem revolucionar os seus pagamentos

A Nova Diretiva Europeia de Pagamentos ou DSP2 já foi transposta para o nosso ordenamento jurídico.

Muitas destas entidades são exteriores ao sistema bancário. Podem ser financeiras; lojas ou marcas com cartões de fidelização e crédito, ou ainda Fintech. Nenhumas delas se guia pelas mesmas regras e leis que regulam a Banca e, muita embora possam ter regras de controlo, não garantem a sua padronização.

A Diretiva vem, pelo contrário, padronizar e dar guias na implementação da tecnologia destas novas plataformas de pagamento. Isto significa que a partilha pode ser feita mas, com restrições na natureza e volume dos dados partilhados, mediante um acréscimo robusto na autenticação e credenciação das operações  –  e sobretudo vem exigir que o próprio cliente pagador autorize essa partilha.

Continue a ler o artigo nas páginas seguintes: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Ver artigo Completo

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB