Onde posso trocar escudos e outras moedas antigas?

Se tem na gaveta escudos, pesetas, liras, dracmas ou outras notas antigas dos países que hoje adotam o euro, saiba como pode trocar este dinheiro.

Consultório 3

Onde posso trocar escudos e outras moedas dos países que pertencem ao Euro?

As notas e moedas de euro foram introduzidas no início de 2002. Com a entrada da nova moeda, milhões de cidadãos dos vários países aderentes tiveram de trocar o dinheiro que tinham na moeda antiga. Mas, nem todos se apressaram a trocar a divisa antiga e continuaram a guardar numa gaveta notas e moedas já fora de circulação. Neste caso, como devem proceder os consumidores?

Se o dinheiro em seu poder são escudos portugueses, o processo é fácil. Recorde-se que o Banco de Portugal aceita trocar notas de escudo por notas ou moedas de euro nos 10 balcões de tesouraria dispersos pelo país, até vinte anos após a sua retirada de circulação. Uma margem que se aplica apenas às notas de escudo e exclui as moedas metálicas, cujo prazo terminou a 31 de dezembro de 2002. Para saber com exatidão até quando pode trocar as notas de escudo em seu poder consulte esta área do Portal do Cliente Bancário. Para proceder à troca de notas de escudos, os consumidores deverão ainda preencher este formulário.

Se as notas e moedas antigas que tiver guardadas pertencerem a outra das antigas divisas europeias – então o procedimento será diferente. “A troca para euros de notas nacionais dos países do Eurosistema apenas pode ser efetuada junto dos respetivos bancos centrais nacionais emissores”, explicou ao Saldo Positivo fonte do Banco de Portugal.  Nesta área do site do Banco de Portugal poderá encontrar os contactos de cada um dos bancos centrais estrangeiros e remeter uma questão sobre como deve proceder à troca.

Nem sempre tem de se dirigir a um banco central estrangeiro. Sempre que um novo país adere ao Euro poderá trocar as notas antigas desse país por notas de euro nos balcões de tesouraria do regulador português, dentro de um determinado período. “O Banco de Portugal assegura a troca das notas dos países que adiram ao Euro apenas no período estabelecido por determinação do BCE, e que normalmente corresponde a dois meses após a data de adoção do euro nesse Estado-Membro”, adianta fonte do regulador.

 

Curiosidade

Neste momento são perto de 340 milhões os cidadãos europeus que utilizam as notas e moedas de euro no seu dia-a-dia. No total, existem 19 países da União Europeia que aderiram à moeda única: Portugal, Bélgica, Alemanha, Irlanda, Grécia, Espanha, França, Itália, Chipre, Luxemburgo, Malta, Holanda, Áustria, Eslovénia, Eslováquia, Finlândia, Estónia, Letónia e Lituânia (o último país a aderir, em 1 de janeiro de 2015).

 

Leia também os seguintes artigos relacionados:

– Sabe como surgiu o dinheiro?

– Seis verdades sobre notas e moedas

– 10 Factos curiosos sobre dinheiro

– 11 Indicadores económicos bizarros

– Conheça a nova nota de 20 euros com a ajuda do Tetris

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB