Proteja-se das notas falsas

Siga algumas regras de segurança que podem ajudá-lo a determinar se uma nota é falsa ou verdadeira.

Sabe quantas notas falsas são normalmente retiradas de circulação durante um trimestre? Cerca de 5000, segundo os dados de 2010 do Banco de Portugal, que poderiam ter ido parar à sua carteira e significado uma perda de dinheiro.

A nota mais vezes contrafeita é a de 50 euros, a mesma tendência que se regista na União Europeia, mas para quem não quer estar distraído e perder dinheiro, o melhor é seguir algumas regras de segurança que podem ajudá-lo a determinar se uma nota é falsa ou verdadeira.

As notas de euros estão bem protegidas.

A primeira etapa de quem está desconfiado, segundo o Banco de Portugal, passa pela análise por comparação de duas notas, a suspeita com uma genuína, e pela detecção de diferenças. O método “Tocar-Observar-Inclinar” permite descobrir grande parte das imitações de dinheiro, mas para já saiba o que diferencia as notas de euro e o que as torna únicas, segundo a informação publicada pela autoridade monetária em Portugal.

Protecção no toque

Papel e impressão
As notas de euros são impressas em algodão puro e têm um toque limpo e ligeiramente sonoro, segundo o Banco de Portugal. Compare com a nota que esta sob suspeita para perceber se o papel é parecido. Além disso, alguns elementos são impressos em relevo.

Protecção na observação

1 Marca de água
Segurando a nota contra a luz poderá ver uma marca de água que representa o valor da nota em causa.

2 Registo
No canto superior das notas estão impressas marcas com o valor da nota que se completam quando em contra luz.

3 Holograma
Nas notas de 5, 10 e 20 euros existem hologramas que revelam o valor e o símbolo do euro num fundo multicolor com uma borda fina preenchida pelo valor da nota, quando se estas se inclinam. Nas outras notas (50, 100, 200 e 500 euros) existe um holograma que, inclinando-se, revela alternadamente o valor ou um pórtico sobre um fundo com caracteres pequenos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4 Cores e bandas
Nas notas de 5, 10 e 20 euros existe uma banda dourada com valor e o símoblo do euro que aparece no verso sempre que essas mesmas notas são inclinadas. Nas notas de restante valor existe um elemento que muda de cor quando se inclinam, isto é, o valor da nota inscrito no verso muda de uma cor púrpura para um tom azeitona ou castanho.

5 Filete de segurança
O filete faz parte da nota e aparece num tom escuro sempre que a nota está contra a luz.

6 Picotado
No holograma da nota existe um picotado que desenha o símbolo do euro.

Protecção extra

A radiação ultravioleta permite ainda ser uma das formas de conhecer uma nota de euro verdadeira, além de todas as notas serem compostas por uma microimpressão que faz com que, embora o olho humano não consiga ler o que está escrito na nota, uma forte ampliação permite distinguir texto no desenho da nota.

Se desconfia que uma nota é falsa dirija-se a umas das tesourarias do Banco de Portugal ou a uma agência de um banco.

2 respostas a “Proteja-se das notas falsas”

  1. Tiago Soares

    Na verdade, em primeiro lugar, o que deve ser verificado é a mudança de cor no valor das notas de 50 para cima no verso da nota. Esse é o pormenor mais difícil de se copiar presente nas notas. Cumps

    Responder
  2. Marco Castro

    Penso que aínda não se conseguem falsificar hologramas, pois quando assim for nem os bancários conseguirão dsitingui-las. Os hologramas das notas contrafeitas, normalmente são pratas de cigarro coladas.

    Responder

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB