Quer reabilitar um imóvel? Conheça os apoios do Estado

Os particulares podem recorrer ao programa “Reabilitar para Arrendar – Habitação Acessível” para obter apoios e recuperar imóveis antigos.

Publicado em: Casa Particulares Poupar

reabilitar- artigoTem uma casa que gostaria de reabilitar? Agora os particulares também podem candidatar-se ao   programa “Reabilitar para Arrendar – Habitação Acessível” que, até agora, estava apenas disponível para empresas ou entidades públicas. O programa financia a reabilitação de edifícios antigos, destinados a arrendamento, com condições bastante vantajosas. Com uma  dotação inicial de 50 milhões de euros, conta com o apoio financeiro do Banco Europeu de Investimento e do Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa.

Este valor deverá ser investido nos próximos três anos, e, segundo as contas do Governo, deverá permitir a reabilitação de 300 edifícios e cerca de 2.000 habitações. Leia o artigo: Como candidatar-se ao Reabilitar para Arrendar sem erros

 

 

O que é?

Este programa tem como objetivo o financiamento de operações de reabilitação de edifícios com 30 anos ou mais, que depois de terem sido reabilitados sejam destinados predominantemente a fins habitacionais, nomeadamente, a arrendamento em regime de renda condicionada. Leia também o artigo: Comprar ou arrendar: Descubra os prós e os contras 

 

Quais são as condições do apoio?

O “Reabilitar para Arrendar – Habitação Acessível” poderá financiar até 90% do custo total da operação de reabilitação, incluindo estudos, projetos e trabalhos preparatórios, e contempla uma taxa de juro fixa de 2,9%. Quando as obras terminarem, o programa prevê um período de carência de capital (em que apenas paga juros). Os proprietários têm até 15 anos para amortizar o empréstimo – o equivalente a 180 prestações mensais. Com a assinatura do contrato pode ser concedido um adiantamento de até 20% do montante do empréstimo, mas este valor será deduzido em cada utilização de capital. Faça uma simulação aqui.

 

Quem pode concorrer?

Qualquer pessoa, entidade pública ou empresa privada pode concorrer a este programa, desde que comprove ser proprietário do edifício que pretende reabilitar. Uma vez terminadas as obras, o imóvel deve ser destinado a arrendamento habitacional com rendas acessíveis. Leia também o artigo: Cinco despesas obrigatórias dos senhorios

 

Como pode concorrer?

A primeira fase é uma pré-candidatura para aferir se está elegível e verificar qual é a viabilidade da intervenção. Numa segunda fase será analisada a operação de crédito. As pré-candidaturas devem ser apresentadas no ‘site’ do IHRU, através do formulário eletrónico destinado a recolher os dados e os documentos necessários (cópia do registo predial, cadernetas prediais de cada uma das partes que constituem o edifício e quatro fotografias). Na segunda fase, deve apresentar documentação adicional que pode descobrir  no Anexo I. Leia também o artigo: Arrendamento: 14 Dicas a ter em conta

 

Leia também os seguintes artigos:

– Cinco requisitos a saber se vai arrendar casa a turistas

– Arrenda casa a turistas? Conheça as suas obrigações fiscais 

– Seis dicas low cost para renovar a sua casa

– Como comprar casa às Finanças

– Oito passos para comprar casa

– 10 Dicas para poupar na casa

PUB

Conheça a oferta da Caixa

2 respostas a “Quer reabilitar um imóvel? Conheça os apoios do Estado”

  1. Maria Gorete Martins Pires da Capela

    É de louvar!!!!!

    Responder
  2. Maria amelia henriques

    Estou muito interessada nisto…a quem me devo dirigir para formalizar o pedido?

    Responder

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB