Recém-licenciados: Como ter sucesso no primeiro emprego?

Se está a acabar a sua licenciatura ou mestrado, conheça alguns conselhos para ser bem sucedido no seu primeiro emprego.

recém-licenciadosDepois de muitos anos a estudar, milhares de jovens preparam-se agora para uma nova fase das suas vidas: a entrada no mercado de trabalho. Uma fase que para muitas pessoas se avizinha difícil: De acordo com os dados disponibilizados pelo Eurostat, relativos ao mês de abril, em Portugal existem cerca de 117 mil jovens com menos de 25 anos que estão desempregados. Leia também o artigo “Entrevista de emprego: 10 erros fatais”.

Numa altura em que o mercado de trabalho em Portugal ainda se debate com os efeitos da crise, para os jovens que acabam agora de sair das universidades é crucial conseguirem aproveitar uma oportunidade de trabalho que possa surgir. A pensar nos jovens que acabam de concluir a sua licenciatura ou mestrado, o The Guardian publicou um artigo com algumas dicas dirigidas a este público, de forma a conseguirem ter sucesso no seu primeiro emprego. Conheça os principais conselhos.

 

1. Não se assuste com o desconhecido

É bastante comum entre os estudantes que estão agora a dar o primeiro passo no mercado de trabalho ficarem apreensivos perante o desconhecido e perante a missão de encontrarem o seu primeiro emprego. Mas a verdade é que nem sempre o emprego que idealizaram existe nas condições previstas. Conseguir um emprego na área de estudos pode envolver uma mudança de cidade ou de país e até um horário de trabalho que inclua trabalhar aos fins-de-semana ou durante a noite. Lembre-se que quando começar a trabalhar é provável que ainda tenha muito para aprender e, por isso, deve encarar o desconhecido como um desafio. Leia o artigo “Oito questões para colocar durante uma entrevista de emprego”.

 

2. Seja flexível

Nem tudo o que se espera que aconteça, acontece realmente. E isto aplica-se muitas vezes às funções que irá acumular no seu primeiro emprego. Deixe as expectativas de lado e concentre-se nos desafios a que tem que responder. Seja flexível, pois irá ajudá-lo a conseguir aumentar as suas capacidades e ser bem-sucedido nas tarefas solicitadas. Por exemplo, no seu primeiro dia de trabalho vai aprender as diferentes mecânicas de interação com o seu chefe e como concluir as tarefas que lhe serão pedidas. Tente adaptar-se aos procedimentos solicitados.

 

3. Não seja demasiado dramático

É perfeitamente normal levar algumas situações demasiado a sério, especialmente, quando está no início da carreira e todas as suas tarefas parecem extremamente importantes. Mas levar algumas tarefas a um nível de perfeição quase impossível pode contribuir para o aumento dos seus níveis de ‘stress’. Por isso, não seja demasiado duro consigo próprio quando não conseguir contornar um obstáculo. É provável que exista uma solução para o seu problema. E não se esqueça de pedir ajuda.

 

4. Aprenda com os erros

Tal como na universidade, no seu emprego nem tudo vai correr como tinha esperado. É certo que todos ambicionam causar uma boa impressão nas tarefas que desempenham para conseguirem surpreender os seus superiores. No entanto, é normal que vá cometendo alguns enganos. Nestas alturas deve ter em mente que errar é humano e não bloquear. Ao mesmo tempo, tente tornar um erro cometido num processo de aprendizagem. Por exemplo, no início do seu emprego pode executar as suas tarefas de maneira mais lenta do que os seus colegas. Isto resulta da falta de prática e com o passar do tempo irá conseguir aprender a executar o que lhe foi pedido com a mesma rapidez. Leia o artigo “10 passos para transformar o seu estágio num emprego”.

 

5. Esteja atento ao que o rodeia

Esteja atento aquilo que o rodeia, à forma como os seus colegas se vestem, falam e agilizam. Esta é uma maneira de conseguir perceber as mecânicas da empresa. Tente “nutrir” as relações com os seus colegas. De acordo com as informações presentes no The Guardian, o tipo de ambiente em que trabalha tem um grande impacto nos seus níveis de produtividade. Daí a importância de conseguir trabalhar e colaborar com os seus colegas. Leia o artigo “Que características deve procurar num mentor?”.

 

6. Peça ‘feedback’

Uma das formas de melhorar o seu desempenho e garantir que está a conseguir responder às expectativas do seu empregador é solicitar ‘feedback’ periodicamente. Além de críticas positivas ao seu trabalho pode receber conselhos sobre aquilo que deve melhorar. Esta análise é bastante importante para conseguir progredir.

 

Leia também: 

Oito informações que deve evitar colocar no seu CV

Conheça seis direitos dos trabalhadores

Onde procurar ajuda se vai emigrar?

10 Ideias para tornar o dia de trabalho mais produtivo

7 Dicas para controlar os níveis de stress no trabalho

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB