Telecomunicações: Seis passos para negociar o melhor tarifário

A fatura das telecomunicações é uma das que mais pesa no orçamento familiar. Se quer baixar os custos com esta parcela, siga estas dicas.

especial_telecom610 × 253

Seis passos para negociar o melhor tarifário de telecomunicações

No segundo trimestre de 2016, o número de subscritores de pacotes de telecomunicações aumentou para 3,35 milhões, o que significa que 8,2 em cada dez famílias subscrevem os serviços de comunicação em pacote, de acordo com um relatório da Anacom. Este crescimento foi impulsionado pelo aumento do número de subscritores de pacotes ‘quintuple play’ (5P), que englobam: telefone fixo, televisão, internet, telemóvel (chamadas e internet) e adicionalmente integram banda larga móvel. Por este motivo, a fatura das telecomunicações é uma das que mais pesa nas contas do mês. Se pretende baixar a fatura, conheça estas dicas da Anacom.

 

1. Avalie as suas necessidades de consumo

Por regra, os pacotes de telecomunicações são financeiramente mais favoráveis, mas existem no mercado inúmeros operadores, com ofertas aos mais variados preços. Por isso, o primeiro passo para baixar os custos com telecomunicações é conhecer as suas necessidades de consumo, para depois encontrar o tarifário ideal. Perca algum tempo a analisar os seus consumos: Quais os serviços que utiliza? Costuma ultrapassar o ‘plafond’ da internet móvel todos os meses? Quantos canais de televisão vê realmente? Prefere ver os programas na internet? Faz chamadas para o estrangeiro? Que tipo de utilização costuma dar à internet de casa? Com base nestas respostas, procure um tarifário que satisfaça as suas necessidades a um preço razoável

 

2. Recorra ao simulador da Anacom

A Anacom disponibiliza um simulador (Com.escolha) que permite consultar os tarifários dos operadores para os serviços de televisão, Internet fixa e móvel, telefone fixo e móvel, prestados de forma autónoma ou em pacote. Pode ainda fazer simulações, de acordo com o seu perfil de consumo, para saber quais os pacotes disponíveis no mercado que se adequem às necessidades.

 

Como fazer uma simulação?

Para fazer uma simulação para saber quais os pacotes de telecomunicações mais adequados para si, terá de fazer o seguinte:

– Escolher os serviços que pretende combinar

– Indicar o código postal

– Saber quais as operadoras que pretende incluir

– Definir os seus consumos

– Simular

 

3. Negoceie com a sua operadora

Depois de conhecer os tarifários disponíveis no mercado, poderá contactar a operadora com a qual já trabalha a expor a situação: Explique quanto é que paga, diga que conhece os valores praticados pela concorrência e pergunte se é possível negociar melhores condições. Poderá ainda contactar outras operadoras para saber se têm uma oferta melhor a fazer.

 

4. É preço final ou promoção?

Este ponto é bastante importante: se finalmente encontrou o pacote de telecomunicações adequado ao seu perfil, informe-se se o preço acordado é uma campanha ou é o preço final. Caso seja uma campanha informe-se sobre a duração da mesma e quanto é que passará a pagar uma vez tendo terminado o prazo – ou se vai perder regalias.

 

5. Qual é o período de fidelização?

Se mudar de tarifário ou de operadora provavelmente irão propor-lhe um período de fidelização associado, que costuma ser de dois anos. Na prática, isto significa que se quiser terminar contrato antes do fim desse período terá de pagar encargos. Mas há limites para os encargos que lhe podem ser cobrados. A este respeito recorde-se que entrou recentemente em vigor um novo diploma que veio definir  novas regras sobre a prestação de serviços de comunicações eletrónicas com períodos de fidelização. Neste diploma foram reforçados os direitos dos consumidores de serviços de telecomunicações. Leia também o artigo Períodos de Fidelização: Saiba o que muda nas telecomunicações

Dica:

Antes de contratar uma oferta, deve pedir sempre as condições por escrito e nunca contrate sem as ler.

 

6. Controle a sua fatura

Não pague nem mais um cêntimo do que o que contratou e para isso deve saber o que está incluído no pacote de telecomunicações que contratou. Se o preço não lhe agradar, ou achar que está a pagar demais, peça uma fatura detalhada e averigue se está tudo em conformidade. Se não for o caso, faça uma queixa por escrito.

 

O que inclui o quê?

– Triple play (3P): Televisão, ‘internet’ e telefone fixo

– Quadruple play (4P): Televisão, ‘internet’, telefone fixo e telemóvel (chamadas e internet)

– Quintuple play (5P): Televisão, ‘internet’, telefone fixo, telemóvel e banda larga móvel

 

Leia também:

Apoios: Como poupar no arrendamento?

Saiba como poupar em IRS com os animais domésticos

10 ingredientes económicos que não podem faltar na sua cozinha

31 Conselhos para cortar na conta da eletricidade e gás

Passatempo: Ganhe livros que o ensinam a gerir o seu orçamento

Quatro sites e ‘apps’ gratuitos para aprender uma língua

Poupar na cozinha: Nove receitas para aproveitar as sobras de refeições

18 Conselhos da Quercus para poupar na água

Entrevista a Pedro Andersson: “Perguntam-me muitas vezes se estou rico”

Como poupar 50 euros em eletricidade com tomadas inteligentes

Oito despesas que ajudam a poupar no IRS

Passatempo: Ganhe uma subscrição do Boonzi

Telecomunicações: Seis passos para negociar o melhor tarifário

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB