Sete formas de poupar no seu automóvel

Se tem um automóvel e quer diminuir as despesas que suporta com combustível e seguros, tome nota destas dicas de poupança.

especial_carro610 × 253Sete formas de poupar no seu automóvel

Quem tem um carro sabe que tem uma fonte permanente de despesas a seu cargo: o pagamento do seguro automóvel, do imposto único de circulação, as revisões periódicas e ainda o combustível. A par da casa esta é uma das despesas fixas que mais pesa no orçamento das famílias. Para conseguir diminuir os encargos mensais que tem com o automóvel aqui ficam alguns conselhos de poupança.

 

1. Escolha um carro à medida das suas necessidades

O primeiro passo para poupar nesta área é dado logo no momento em que o consumidor está à escolher o automóvel que pretende comprar. É importante escolher um carro que vá ao encontro das suas necessidades. Vai precisar de um automóvel para andar sobretudo dentro da cidade ou para grandes percursos? Ele será usado sobretudo para transportá-lo a si ou servirá toda a família? Qual das opções compensará mais no seu caso pessoal: gasóleo ou gasolina? E qual a cilindrada que deverá escolher? Estes são apenas alguns exemplos de questões que devem ser analisadas para garantir que faz uma compra adequada ao seu orçamento. Além de ponderar muito bem o modelo de automóvel que vai comprar, deverá também analisar o tipo de financiamento a que vai recorrer. Recorde-se que existem no mercado diversas formas de financiar a compra de uma viatura (crédito automóvel, ‘leasing’ ou o ‘renting’). Para saber qual é a tipologia que mais se adequa ao seu caso leia o artigo “ Crédito, leasing ou ALD: Qual é a melhor forma de comprar carro?”

 

2. Analise as condições do seu seguro

O seguro automóvel é outro gasto ao qual os condutores não podem fugir, visto que todas as viaturas têm de ter o seguro de responsabilidade civil obrigatório. No entanto, existem formas de poupar algumas dezenas de euros por ano com a apólice do seu carro. Não se esqueça de que pode estar a pagar um prémio demasiado elevado porque tem coberturas que não usufrui e estão desajustadas ao seu perfil. Por isso mesmo, reveja as coberturas da sua apólice. Ao mesmo tempo faça uma prospeção do mercado e peça simulações em várias seguradoras para saber qual é aquela que lhe oferece a melhor relação qualidade-preço. Não se esqueça de que existem vários simuladores online (como este simulador da Deco) que poderão ajudá-lo nesta tarefa comparativa. É ainda importante lembrar que se juntar várias apólices da sua família na mesma seguradora terá mais poder negocial para fazer baixar o prémio dos seus seguros. Da mesma forma, se pagar o prémio do seguro do seu carro de uma só vez ficará mais barato do que se optar pelo pagamento fracionado.

 

3. Faça do telemóvel o seu melhor amigo

A instalação de aplicações nos ‘smartphones’ veio facilitar a vida dos consumidores, pelo rápido acesso a uma série de ferramentas úteis através de um simples telemóvel. Recorra ao ‘smartphone’ para saber quais são os postos de combustíveis com os preços mais em conta (app ‘VivaGas’) ou para saber qual é a melhor rota para chegar ao seu destino (app ‘waze’). Estes são exemplos de algumas ferramentas que poderão ajudá-lo a poupar dinheiro em combustíveis e tempo nas viagens.

 

4. Não descure a manutenção do seu carro

Verificar periodicamente o ar dos pneus; o nível de água e de óleo e não descurar as revisões periódicas são exemplos de hábitos que os condutores devem ter em conta para preservar o bom estado de funcionamento das suas viaturas. Se tiver cuidados regulares com a manutenção não só estará a prolongar a vida do automóvel, como também está a precaver-se do surgimento de problemas mecânicos mais graves, que poderão significar gastos avultados.

 

5. Tenha bons hábitos na condução da sua viatura

Os especialistas da revista Deco Proteste realizaram recentemente um estudo comparativo sobre os consumos de combustível de uma condução agressiva face aos consumos verificados com uma condução mais segura (sem travagens, nem acelerações bruscas) e os resultados foram conclusivos. Segundo os especialistas da Deco, uma condução agressiva conduz a um aumento de 40% dos consumos. Feitas as contas, um consumidor que tenha um carro a gasóleo e faça cerca de 30 mil quilómetros por ano, poupará 310 euros em combustível (em termos anuais) se optar por aplicar técnicas de condução ecológica. Por isso mesmo, evite o uso do ar condicionado em velocidades baixas, mantenha a pressão adequada nos pneus e evite acelerações com rotações acima de duas mil por minuto.

 

6. Partilhe o seu carro

Uma outra alternativa para cortar nos gastos com o seu automóvel passa por partilhar o seu carro com outras pessoas. Por exemplo, tem um colega de trabalho que mora perto de si? Talvez faça sentido partilharem o mesmo carro no trajeto para o trabalho, dividindo os custos do combustível e/ou portagens. Existem ainda algumas plataformas online de ‘carpooling’, onde poderá registar-se para encontrar potenciais consumidores que precisem da sua boleia. É o caso, por exemplo, do Blablacar ou da plataforma Boleia.net. Para saber como funciona este conceito leia o artigo: Carpooling: Adira a moda das boleias e poupe dinheiro

 

7. Não deixe o seu carro desvalorizar

A partir do momento em que um automóvel sai do ‘stand’ irá perder valor ao longo do tempo. O processo de desvalorização é, pois, uma inevitabilidade. Mas existem formas ajudar a preservar ao máximo o valor da sua viatura. Este ponto é importante ser lembrado porque mais cedo ou mais tarde acabará por vender o seu carro e trocá-lo por outro. Para preservar o valor da viatura tenha alguns cuidados com a pintura do carro, por exemplo.

 

Leia também os seguintes artigos que fazem parte do Especial Poupança 2016: 

Apoios: Como poupar no arrendamento?

Saiba como poupar em IRS com os animais domésticos

10 ingredientes económicos que não podem faltar na sua cozinha

31 Conselhos para cortar na conta da eletricidade e gás

Passatempo: Ganhe livros que o ensinam a gerir o seu orçamento

Quatro sites e ‘apps’ gratuitos para aprender uma língua

Poupar na cozinha: Nove receitas para aproveitar as sobras de refeições

18 Conselhos da Quercus para poupar na água

Entrevista a Pedro Andersson: “Perguntam-me muitas vezes se estou rico”

Como poupar 50 euros em eletricidade com tomadas inteligentes

Oito despesas que ajudam a poupar no IRS

Passatempo: Ganhe uma subscrição do Boonzi

Telecomunicações: Seis passos para negociar o melhor tarifário

PUB

Conheça as soluções da Caixa para quem quer comprar carro

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB