SIMULADORES

Simulador: Calcule o valor da sua pensão em 2015

Em 2015, muitos pensionistas vão sentir um aumento do valor líquido da pensão. Veja neste simulador quais são as diferenças face ao ano passado.

imagem artigo

 

O ano de 2015 traz diversas alterações para os pensionistas, sendo que a mais relevante é a reformulação da contribuição extraordinária de solidariedade (CES) que no ano passado aplicava-se às pensões com um valor bruto superior a 1.000 euros e que desde o início de janeiro apenas atinge as pensões com um valor acima dos 4.611 euros. Contas feitas, significa que os reformados com pensões acima de 1.000 euros vão sentir um aumento do valor líquido da pensão que vão receber ao longo deste novo ano.

Para ajudar a perceber qual será o valor da pensão que os reformados irão receber este ano e quais as diferenças face aos valores auferidos no ano passado, o Saldo Positivo construiu um simulador que permite calcular o valor líquido das pensões pagas pela Segurança Social e pela Caixa Geral de Aposentações. Faça a simulação para o seu caso.
Simulador

Clique  aqui para aceder ao simulador  do  valor líquido das pensões em 2015

Principais variáveis que influenciam o valor das pensões: 

Taxas de retenção na fonte: É a parcela da pensão que fica retida pelo Estado para efeitos de IRS e que não chega a entrar nas carteiras dos consumidores. Poderá conhecer em detalhe as tabelas de retenção a vigorar durante este ano aqui. Veja neste artigo as principais novidades no que diz respeito à aplicação das tabelas de retenção de IRS em 2015.

Contribuição Extraordinária de Solidariedade: A CES foi reformulada e em 2015 aplica-se apenas às pensões acima dos 4.611 euros. Esta contribuição é aplicada da seguinte forma: Sobre o montante das pensões que seja superior a 4.611 euros mensais e cujo valor não ultrapasse os 7.127 euros será aplicada uma taxa de 15%. Sobre o montante das pensões que ultrapasse os 7.127 euros mensais vai recair uma taxa de 40%
ADSE: Os pensionistas da Caixa Geral de Aposentações terão ainda que contabilizar no valor da sua pensão os descontos que fazem para a ADSE, que correspondem a uma contribuição de 3,5%.

Sobretaxa de IRS: À semelhança dos trabalhadores do setor privado e do setor público, também os pensionistas estão sujeitos ao pagamento da sobretaxa de IRS no valor de 3,5%. Esta taxa é cobrada mensalmente e incide sobre os montantes auferidos que excedam o salário mínimo (505 euros).

Duodécimos: Os pensionistas da Caixa Geral de Aposentações e da Segurança Social, à semelhança do que acontece com os funcionários públicos, vão continuar a receber obrigatoriamente o subsídio de Natal em regime de duodécimos. Ou seja, recebem este subsídio de forma parcelar e faseada todos os meses, o que influencia positivamente o rendimento mensal destes beneficiários.

 

Leia também os seguintes artigos:

– Como se calcula passo-a-passo o valor da sua pensão em 2015

– Todas as medidas que vão afectar a vida dos reformados em 2015

– Reformas antecipadas: Quem pode pedir?

– Como se calculam as penalizações nas reformas antecipadas

– Sete dicas para se reformar mais cedo

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB