Recibos verdes: mudanças em Setembro

Se é trabalhador independente e está sem saber o que muda nos seus recibos verdes, este guia é para si.

Com a entrada em vigor do novo Código Contributivo no passado dia 1 de Janeiro de 2011, as regras referentes à Segurança Social dos trabalhadores independentes (recibos verdes) alteraram-se. Saiba o que muda para os prestadores de serviços e como se fará a aplicação das alterações. A partir de Setembro os trabalhadores independentes vão conhecer o seu novo posicionamento nos escalões de rendimento.

Recibos Verdes
Se é trabalhador independente, prepare-se para ver a sua contribuição aumentar

Síntese

- Em Setembro de cada ano, é apurado o novo valor a pagar à Segurança Social com base nos seus rendimentos do ano civil anterior. Assim, embora o Código Contributivo tenha entrado em vigor no dia 1 de Janeiro, só em Outubro os trabalhadores independentes passam a figurar num novo escalão. Neste período, a contribuição mensal já teve em conta os 29,6 por cento, em vez dos 25,4 por cento anteriores. Quem estava no primeiro escalão e pagava 159,72 euros (esquema obrigatório) ou 201,23 euros (esquema alargado), por exemplo, passou a pagar 186,13 euros.

- Existe um período de ajustamento progressivo da aplicação do cálculo dos escalões de rendimentos, o que faz com que ninguém possa subir mais do que um escalão de rendimentos de um ano para o outro. Isto é, se alguém pagava 159,72 euros em 2010 (186,13 euros em 2011 até agora), mesmo que os seus rendimentos o coloquem num escalão muito acima, não vai pagar mais do que o valor relativo ao escalão imediatamente acima do que o até agora pertencia, ou seja, vai pagar 248,18 euros.

- Até 15 de Fevereiro de 2012, os trabalhadores independentes terão de fazer a declaração dos seus rendimentos. Em 2011, a declaração não foi exigida.

- Todos os trabalhadores independentes passam a ter protecção na doença, até agora exclusivos do esquema alargado de contribuição.

Continue a ler este artigo na página seguinte

Continue a ler o artigo nas páginas seguintes: 1 2 3 4 | Ver artigo Completo

56 respostas a “Recibos verdes: mudanças em Setembro”

  1. Nuno B V

    Sera que alguem me pode esclarecer???

    tou sem trabalhar a mais d 10 anos… ja tive a minha actividade aberta por isso ja nao tenho direito ao “1 ano” de insençao.
    Neste momento tive uma proposta para trablahar 1 dia por semana a recibos verdes… num valor que nao irá passar os 100 mensais.

    Liguei para a linha de apoio da segurança social e foi me dito que no minimo teria que pagar cerca de 75euros…

    Sera que vale apena trabalhar?? o que fazer??

    Responder
    • jp

      Caro Nuno,

      Aconselhamos que coloque essas questões à Segurança Social da sua área de residência.

      Visite a nossa página no Facebook, conheça-nos em http://www.facebook.com/saldopositivo.

      Com os melhores cumprimentos,
      A equipa do Saldo Positivo

      Responder

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB