Uma ajuda para ultrapassar o sobreendividamento

Saiba como o Gabinete de Orientação ao Endividamento dos Consumidores (GOEC) o pode ajudar a ultrapassar o sobreendividamento.

Por GOEC

O Gabinete de Orientação ao Endividamento dos Consumidores (GOEC), é um gabinete de orientação inaugurado em Outubro de 2006, que surgiu do protocolo celebrado entre o então Instituto do Consumidor (actualmente Direcção Geral do Consumidor) e o Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), da Universidade Técnica de Lisboa. A missão do GOEC é informar os consumidores em matéria de crédito e gestão do orçamento familiar. E os seus objectivos são:

sobreendividamento
Faça as contas antes para não ser surpreendido com as dívidas

Assegurar às famílias que recorram ao serviço um apoio técnico, profissional e documentado na gestão do orçamento familiar;

Aconselhar as famílias no recurso ao crédito enquanto instrumento de gestão do orçamento familiar;

Aconselhar e acompanhar a recuperação de situações familiares de pré-insolvência.

Os inúmeros casos que temos vindo a acompanhar no âmbito do funcionamento do gabinete vieram confirmar uma das proposições base do nosso trabalho: A elaboração de um Orçamento Familiar, independentemente da sua complexidade, é fundamental para a gestão adequada dos recursos familiares.

Assim, conscientes desta realidade sugerimos que todas as famílias disponibilizem um pouco do seu tempo em família, pelo menos uma vez por mês, para em conjunto elaborarem o Orçamento Familiar. O Orçamento Familiar é um plano monetário, isto é, um mapa onde se inscrevem os rendimentos ou recursos monetários esperados e as despesas ou saídas de dinheiro previsíveis referentes ao período considerado, neste caso, mensais.

As regras fundamentais para a elaboração deste mapa são as seguintes:
1 – Definição clara das necessidades familiares;
2 – Identificação do que se compra, onde se compra e com que fim;
3 – Planeamento de todas as despesas previsíveis;
4 – Controlo rigoroso dos extractos de conta;
5 – Organização regular de todos os documentos de despesa por tipo de despesa;
6 – Um cuidado particular aos desperdícios para que os mesmos sejam evitados;
7 – Ter presente que é sempre importante prever um excedente dos rendimentos sobre as despesas (uma poupança), por muito pequeno que seja, que servirá para atender a qualquer imprevisto ou que pode ser canalizado no fim do mês para uma aplicação.

Como pode contactar:

Gabinete de Orientação ao Endividamento dos Consumidores (GOEC)
Horário de atendimento: 2f a 6f das 17h às 20h | Telefone: 213925942 e 213967971 | E-mail: gac@iseg.utl.pt

Deixe um comentário

A Caixa de Comentários é moderada. O Saldo Positivo reserva-se o direito de não publicar os comentários que possam ser considerados ofensivos.

PUB